No total são 4,9 milhões dentro desse terceiro lote.

Nesta segunda-feira, poderão sacar o dinheiro os nascidos em janeiro, um total de 400 mil trabalhadores.

Auxílio emergencial Divulgação A Caixa Econômica Federal libera a partir desta segunda-feira (6) os saques e transferências da primeira parcela do Auxílio Emergencial para os aprovados inscritos no aplicativo e site dentro do terceiro lote.

No total, são 4,9 milhões.

Nesta segunda-feira, poderão sacar o dinheiro os nascidos em janeiro, um total de 400 mil trabalhadores. Veja o calendário completo de pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600 Tira dúvidas sobre o Auxílio Emergencial SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL Os saques e transferências serão realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e vão até o dia 18 de julho.

Esses trabalhadores já tiveram o dinheiro liberado na poupança social digital entre os dias 16 e 17 de junho.

Veja calendário abaixo: Terceiro lote auxílio emergencial - calendário Economia G1 São 400 mil trabalhadores nascidos a cada mês que poderão fazer o saque dentro desse lote, com exceção de dezembro, que soma 500 mil beneficiários.

Já a segunda parcela para os aprovados do terceiro lote ainda não tem data definida. Balanço Segundo a Caixa, 64,9 milhões de beneficiários já receberam o Auxílio Emergencial dentro das parcelas 1, 2 e 3, totalizando R$ 112,5 bilhões: Bolsa Família: R$ 45,5 bilhões para 19,2 milhões CadÚnico: R$ 18,4 bilhões para 10,5 milhões Inscritos no app/site: R$ 48,6 bilhões para 35,2 milhões A região Sudeste tem o maior número de pagamentos: R$ 41 bilhões para 42,1 milhões de pessoas. Dos 108,9 milhões de cadastros no programa, 107,7 milhões foram processados.

Cerca de 1,9 milhão ainda esperam por análise, todos inscritos no app e site do auxílio.

Veja abaixo o balanço divulgado na última quinta-feira (2): Cadastrados: 108,9 milhões Processados: 107,7 milhões Elegíveis: 65,2 milhões Inelegíveis: 42,5 milhões Estão em 1ª análise: 1,2 milhões Em reanálise: 700 mil Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.