Centro de Castração de Pinhais começa a ser construído
29/01/2020 12:25 em Pinhais

Nos últimos anos a Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA), tem realizado inúmeras ações que visam atender a causa animal. Agora, o município está prestes a receber um novo espaço, pois está em fase de construção o Centro de Castração. O local será utilizado para otimizar o programa de controle populacional de cães e gatos já existente em Pinhais,  e que atualmente é realizado em clínicas credenciadas e mutirões de castração.

A obra, construída com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente, terá aproximadamente 300 m² e previsão de conclusão no prazo de oito meses. “Com uma estrutura própria a Prefeitura visa reduzir os custos unitários dos procedimentos cirúrgicos e, dessa forma, ampliar o programa com mais animais atendidos, e assim dar vazão às solicitações protocoladas para casos de maus tratos, situação de acúmulo de animais e descontrole populacional  constatados em  famílias  de vulnerabilidade social”, ressalta Daniele Guimarães, diretora da Divisão de Bem Estar Animal (DIBEA).

A DIBEA é o setor criado para dar respaldo a esta área e entre as suas atribuições está atender toda a demanda decorrente do crescimento populacional dos animais, realizar fiscalizações de maus-tratos contra animais, além de promover educação para a guarda responsável.

Programa de Castração

O Programa de Castração é regulamentado conforme o decreto 750/2018, seguindo os  critérios descritos abaixo:

Art. 3º A castração é gratuita para:

I - animais de moradores do Município de Pinhais que comprovarem participação ativa no programa social Bolsa Família;

II - animais em situação de rua e comunitários;

III - animais de pessoas em situação de vulnerabilidade e/ou com transtorno de acumulação, conforme avaliação da equipe técnica da Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SEMMA;

IV - animais de outras situações relevantes para o manejo populacional, condicionadas à avaliação técnica da SEMMA. 

Art. 4º Para inscrição no Programa, os interessados devem comparecer ao protocolo geral da Secretaria Municipal de Meio Ambiente munidos dos seguintes documentos:

I - RG;

II - CPF;

III - Comprovante de Residência;

IV - Comprovante de recebimento de Bolsa Família. 

Vale a pena ressaltar de que o Centro de Castração não se trata de um hospital público veterinário, e terá como foco de atuação o manejo populacional de animais, trabalho já realizado por meio da Secretaria de Meio Ambiente com a Divisão de Bem Estar Animal.

 

Prefeitura de Pinhais

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE