Greve de motoristas e cobradores de ônibus deve acontecer na semana que vem
19/05/2016 - 11h28 em Cidades

 

A empresa Tamandaré Filial é mais uma a aprovar o indicativo de greve no transporte público de Curitiba e Região Metropolitana. Cerca de 300 trabalhadores deram o ‘sim’ à paralisação na madrugada desta quinta-feira (19). Os motoristas e cobradores são contrários à cobrança de multas feitas pela Urbs, que estão sendo descontadas dos salários dos trabalhadores.

Cerca de quatro mil motoristas e cobradores já aprovaram o indicativo de greve. Ainda nesta quinta-feira, a tendência é que mais 700 trabalhadores se juntem ao movimento, já que haverá uma assembleia na empresa Expresso Azul Araucária.

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) tenta um encontro com representantes da Urbs para chegar a um acordo. A expectativa é que a greve aconteça a partir da semana que vem.

Os trabalhadores alegam que multas operacionais de 2011 e 2012 estão sendo descontadas dos seus próprios salários. Por outro lado, a Urbs destaca que essas cobranças estão sendo feitas junto as empresa e não aos trabalhadores.

Fonte: ParanáOnline

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE