Sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017 às 18:26 em Cidades
Passagem de ônibus metropolitano vai para R$ 4,25 a partir de segunda-feira

 

A partir da zero hora desta segunda-feira, passam a valer as novas tarifas do sistema de transporte coletivo metropolitano. A Comec, Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, que gerencia o transporte metropolitano, informa que o reajuste acontece nas linhas da rede integrada e nas linhas de ligação direta com a capital. As linhas metropolitanas têm, em média, uma extensão de 25 quilômetros. No ano passado, foi adotado um modelo onde os municípios foram divididos em 4 degraus, levando em conta o número de passageiros e os custos operacionais. Nesta segunda-feira, para as cidades de Campo Magro, Campo Largo, Araucária e Pinhais, que fazem parte do 1º degrau, a tarifa passa de 3 reais e 70 centavos para 4 reais e 25 centavos. São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré e Colombo são do 2º degrau e o valor da passagem, que era de 3 reais e 80 centavos passa para 4 reais e 30 centavos. Piraquara e Fazenda Rio Grande compõem o 3º degrau e a tarifa de 3 reais e 90 centavos passa para 4 reais e 40 centavos. Os municípios mais distantes, Bocaiúva do Sul, Contenda, Itaperuçu e Rio Branco do Sul, integram o 4º degrau e as tarifas de 4 reais e 70 centavos passam para 5 reais e 30 centavos. No retorno, o usuário da linha integrada pode pagar a tarifa praticada em Curitiba, com o cartão Urbs ou dinheiro. A Comec informa que a atualização das tarifas se faz necessária para a busca do reequilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte coletivo, pois o número de passageiros pagantes metropolitanos reduziu 9% no último ano. Nos próximos 6 meses, as equipes técnicas da Comec e da Urbs vão detalhar todas as ações necessárias para a implantação do novo sistema metropolitano de transporte para trazer melhorias.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE